Palavras como ‘Desequilibrado’ e ‘Golpista’, são utilizadas por membros do STF para classificar os discursos de Bolsonaro

2/10/2020 REUTERS/ADRIANO MACHADO

Segundo a matéria publicada pelo site ig.com.br, os ministro do Supremo Tribunal Federal, receberam com indignação os discursos de Bolsonaro durante os atos ocorridos nessa terça-feira, 07 de setembro.
Na ocasião, o presidente da República subiu o tom contra a mais alta corte de justiça do país, em especial contra o ministro, Alexandre de Moraes, chegando a dizer que ‘Não cumprirá as determinações judiciais oriundas dele daqui em diante’.
Bolsonaro também ameaçou a Instituição, dizendo que o presidente do STF deve ‘enquadrar’ o ministro ou a corte poderá sofrer algo consequência não especificada.

O presidente do STF, Luiz Fux, realizou uma reunião com os integrantes da Corte, logo após os atos e palavras como ‘Golpista’ e ‘Desequilibrado’, foram usadas para classificar as atitudes desesperadas do presidente da República.

Ainda é incerto o momento que será usado pelo ministro Fux para falar sobre as palavras proferidas pelo líder do Poder Executivo no páis no ‘Dia da Independência’, mas já é certo que o STF dará uma resposta institucional à altura.

Segundo fontes, o presidente do Supremo deve deixar claro que se Bolsonaro não cumprir as determinações judiciais impostas pela Corte, sejam elas colegiadas ou monocráticas, estará incorrendo em crime de responsabilidade, que poderá servir como base para abertura de um pedido de impeachment.