Osasquense pode baixar aplicativo para receber diagnóstico sobre coronavírus

A Prefeitura de Osasco lançou na quinta-feira, 16/4, o aplicativo Saúde-Osasco com informações e orientações que permitirão ao munícipe fazer espécie de “autoavaliação”, com base em seus sintomas, em relação ao coronavírus. 

Após baixar o aplicativo, criar uma senha e seguir as instruções e responder a algumas questões, como se possui diabetes, doença respiratória ou se apresenta sintomas como dificuldade de respirar, febre, tosse e dor de garganta, a pessoa terá de aguardar um retorno às informações enviadas.

O tempo de retorno para as mensagens vai depender das descrições feitas pela pessoa no aplicativo. Para os casos considerados supeitos, de pessoas que não integram o chamado grupo de risco, como idosos, diabéticos e pessoas com doenças crônicas, o retorno será em até 12 horas. Nos casos suspeitos de pessoas do chamado grupo de risco, em até 6 horas. Para os casos considerados urgentes (para quem não está no grupo de risco), de até 2 horas, e, em 1 hora, para os considerados urgentes (pessoas do grupo de risco). 

Com base em tais informações, a pessoa receberá o resultado da avaliação e instruções a serem seguidas, bem como as recomendações já amplamente divulgadas, como usar máscaras caso precise sair às ruas, lavar bem as mãos com água e sabão ou higienizar com álcool em gel 70%, cobrir a boca com lenço de papel ao tossir (jogar fora depois) ou com o antebraço (nunca com as mãos), evitar tocar a boca, olhos e nariz sem antes higienizar as mãos, evitar aglomeração de pessoas, não compartilhar objetos de uso pessoal, evitar contato próximo com pessoas resfriadas ou com sintomas de gripe.

No entanto, o resultado da “autoavaliação” não representa um diagnóstico clínico, que será realizado apenas presencialmente nas unidades de saúde.

Em caso de dúvida, a pessoa deve ligar para o Disque Saúde 136 do Ministério da Saúde ou procurar a unidade de saúde mais próxima de sua residência. 

O lançamento do aplicativo visa conscientizar a população sobre o coronavírus e monitorar os casos suspeitos no município, para garantir um atendimento mais ágil às pessoas que estão com sintomas graves. Com isso, a cidade estará atuando preventivamente no combate à disseminação do vírus. 

“Agora a população de Osasco pode contar também com a tecnologia no combate à pandemia e outras epidemias. A prefeitura foi buscar o que há de melhor no mercado para o atendimento ao seu cidadão”, disse o prefeito Rogério Lins. 

“A rapidez no diagnóstico e no tratamento são fundamentais para minimizar os problemas causados pelo coronavírus. Com um sistema de autoatendimento, os osasquenses terão muito mais agilidade e segurança no atendimento”, completou o secretário de Saúde, Fernando Machado. 

A empresa

O lançamento do aplicativo, desenvolvido pela Giespp, empresa do Grupo Eicon, visa conscientizar a população sobre o coronavírus e monitorar os casos suspeitos no município, para garantir um atendimento mais ágil às pessoas que estão com sintomas graves. Com isso, a cidade estará atuando preventivamente no combate à disseminação do vírus.

Fonte: Osasco.sp.gov.br