Em postagem, Weintraub ignora decisão judicial e diz que “vai ter Enem”

Agência Brasil

O ministro da Educação, Abraham Weintraub, ignorou determinação da Justiça Federal de São Paulo e afirmou hoje que “vai ter Enem”. A mensagem foi publicada no Twitter do governista, um dia após ser confirmada decisão que impõe o adiamento do Exame Nacional do Ensino Médio em razão da pandemia do coronavírus.

A primeira etapa, digital, estava agendada para os dias 11 e 18 de outubro, e a aplicação de provas físicas, para 1 e 8 de novembro. Se a decisão for cumprida, o Inep (Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira), órgão do Ministério da Educação, terá que anunciar novas datas.

Fonte: uol.com.br