Ministério da Saúde desmente notícias falsas sobre o novo coronavírus

Foto: Agência Envolverde

Os casos do novo coronavírus, conhecido como Covid-19, têm causado apreensão mundial. Após mortes na China e em outros países, várias mensagens têm sido disseminadas na web.

O maior propagador de fake news sobre o novo coronavírus tem sido o WhatsApp. 85% dos vídeos, textos e fotos que chegam ao Ministério de Saúde pelo aplicativo de mensagens eram notícias falsas.

O trabalho para conter a disseminação das fake news tem que ser rápido. A mensagem primeiro é enviada para especialistas da área de saúde. Quando a notícia é falsa, ganha um selo de alerta na cor vermelha, já quando é correta, o selo verde. Você pode conferir o que é fato ou fake no site do Ministério da Saúde.

Fonte: g1.globo.com