Obras do Mundo da Criança zona Norte seguem em ritmo acelerado

Já estão em andamento as obras de um dos maiores e mais modernos equipamentos educacionais do país, que ficará na área da Fito, na Avenida Getúlio Vargas, 990, no Piratininga. A segunda mega escola do “Mundo da Criança” irá atender mais de 950 alunos de Creche/Cemei, divididos em meio período e tempo integral.

Na quinta-feira, 23/1, o prefeito Rogério Lins, acompanhado do secretário de Educação, José Toste Borges, visitou o local que está com as obras em ritmo acelerado. Equipes já trabalham para retirar a parte elétrica e fazer a demolição de áreas necessárias.

O mega “Mundo da Criança” da zona Norte ficará num terreno de 17.175,29 m², sendo 10.593,49 m² de área construída. Quando pronta, a unidade contará com salas de aula, berçário, fraldários, solários, cozinha, refeitório, padaria, banheiros adaptados, sala de amamentação, lactário, ambulatórios, sala de informática, sala multimídia, brinquedoteca, playground, anfiteatro, sala de professores, secretaria, almoxarifados, vestiários e duas quadras. Além disso, as instalações contarão com piso tátil, elevador e rampas de acessibilidade.

“Aqui nós teremos toda a infraestrutura necessária para atender bem as crianças. Vai ser uma unidade bonita, moderna e que, com certeza, vai dar muito orgulho para todos os moradores da nossa cidade”, disse o prefeito durante a visita.

A previsão é de que a mega creche do “Mundo da Criança” seja entregue no fim deste ano. A escola irá contar com os padrões de infraestrutura física do Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação (FDNE) e com a qualidade de ensino da Fito.

Nos últimos meses, a Prefeitura de Osasco entregou outras seis escolas, que também integram o projeto “Mundo da Criança”. Elas ficam nos seguintes bairros: Santa Maria, Vila Militar, Vila Menck, Jardim Veloso, Primeiro de Maio e Jardim Conceição. Além disso, em fevereiro será entregue a mega creche da zona Sul, que vai atender mais de 450 crianças em período integral na área FITO, no Jardim das Flores.

Fonte: osasco.sp.gov.br